O preço dos imóveis subiu 7% em todo o território nacional entre julho e setembro deste ano, segundo revela uma análise do site Idealista. O valor subiu um pouco por todo o país, mas Lisboa, Algarve e Porto continuam a dominar a tabela.

O preço médio de uma casa em Portugal situa-se no momento em 1.602 euros/m2.

Apesar de o preço ter subido em todo o país, há regiões mais beneficiadas do que outras. Em Lisboa a subida entre julho e setembro foi de 8,8%. A região Norte registou uma subida de 6,8% e o Algarve ocupa o terceiro lugar com um aumento de 3,15%.

Madeira, Centro e Alentejo foram as regiões onde se verificaram os aumentos menos significativos, registando subidas de 1,2%, 1,85% e 2% respetivamente.

A capital portuguesa mantém-se no topo das cidades com as casas mais caras, algumas a serem vendidas por 2.231 euros/m2. No Algarve o preço fixa-se em 1.649euros/m2, seguido pela Madeira onde os preços praticados ascendem a 1.288 euros/m2.

“Face ao segundo trimestre do ano, 12 distritos viram os preços subir. Os maiores aumentos aconteceram em Lisboa (9,5%), Porto (8%) e Bragança (4,6%). Já a maior descida foi registada em Viseu e Vila Real (-1,7% em ambos os casos)  e em Santarém (-0,7%)”, revela o estudo do Idealista.

O preço dos imóveis não tem parado de subir um pouco por todo o país, acompanhado pela procura e pela maior abertura dos bancos na atribuição de crédito habitação.

ALENTEJO ALGARVE CASAS MAIS CARAS CENTRO HABITAÇÃO LISBOA MADEIRA MERCADO IMOBILIÁRIO NORTE PREÇO CASAS PREÇOS IMÓVEIS